Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

LANÇAMENTO DO FALCON HEAVY

LANÇAMENTO DO FALCON HEAVY
Avalie o artigo

A SpaceX conseguiu fazer o primeiro lançamento-teste do seu Falcon Heavy com sucesso no início da noite do dia 06/02/2018. O veículo espacial decolou de uma base de lançamento da NASA no estado norte-americano da Flórida e era composto por dois propulsores laterais e um central mais poderoso.

Os propulsores  laterais voltaram em segurança para a Terra e pousaram simultaneamente. Horas depois, a SpaceX confirmou que o propulsor central só pôde reacender um de três motores e caiu no mar.

Após o bem-sucedido lançamento ao espaço do o foguete mais potente do mundo, com o Tesla conversível do fundador da SpaceX, Elon Musk, a bordo, a pergunta agora é o que vem pela frente para a empresa e a indústria espacial.

Falcon Heavy

Satélites

O mercado mais imediato para o Falcon Heavy é o lançamento de satélites pesados demais para a concorrência. O foguete é capaz de levar até 64 toneladas à órbita terrestre, duas vezes mais que sua concorrência direta (o foguete Delta IV Heavy).

Ao colocar seu conversível pessoal em uma órbita distante, Musk não só deu um “golpe de efeito”, também demonstrou aos seus clientes potenciais que tinha a capacidade de soltar a carga onde eles quisessem

Poucos minutos após o lançamento, o Falcon Heavy ultrapassou a barreira dos 10.000 km/h com seus 27 motores a combustão. Ele é considerado hoje o foguete mais poderoso em operação, sendo que apenas algumas missões da NASA para planetas distantes do Sistema Solar o superaram.

 

 

Como era um lançamento de teste, o foguete não levava nenhum satélite ou carga científica. Em vez disso, o último estágio do Falcon Heavy levava um Tesla Roadster que pertencia a Elon Musk. No banco do motorista, foi posicionado um manequim vestido com o traje espacial oficial da SpaceX desenvolvido para sua futura tripulação.

O carro e seu “Starman” entrarão na mesma órbita de Marte, circulando o Sol indefinidamente. A trilha sonora do carro é Space Oddity, de David Bowie, que está tocando em loop infinito no veículo.

LANÇAMENTO AO VIVO NO YOUTUBE – 400 MIL PESSOAS

 

O evento de lançamento foi transmitido ao vivo pelo YouTube e foi assistido por mais de mais de 400 mil de pessoas simultaneamente. A base da SpaceX na Flórida recebeu toda a equipe da empresa para assistir ao lançamento, e milhares de espectadores e jornalistas do mundo todo viram a decolagem ao vivo há alguns quilômetros da plataforma de lançamento da NASA.

Antes do lançamento, Musk disse em entrevista que “adora a ideia de um carro navegando indefinidamente sem parar pelo espaço e talvez sendo descoberto por uma raça alienígena daqui a milhões de anos”. O Tesla Roadster de Musk é o primeiro automóvel a ser lançado no espaço para além da Lua.

 

CADA LANÇAMENTO VAI CUSTAR US$ 90 MILHÕES

 

Tesla no Falcon Heavy

 

O Falcon Heavy é capaz de levar cargas de até 70 toneladas ao espaço, e o voo de teste de hoje foi uma forma de a empresa de Elon Musk provar que é capaz de não apenas lançar grandes cargas como também de reutilizar seus foguetes. Com esse sistema que permite recuperar os propulsores, a SpaceX espera cobrar US$ 90 milhões por lançamento no Falcon Heavy. Clientes civis e militares já estão na fila para utilizar o foguete da empresa nos próximos meses.

O carro de Musk e o seu passageiro conhecido como “Starman” estão a caminho da órbita de Marte e devem levar cerca de seis meses para chegar lá. A SpaceX transmitiu imagens do veículo especial ao vivo através deste link.

 

“Eu adoro a ideia de um carro navegando aparentemente sem parar pelo espaço e talvez sendo descoberto por uma raça alienígena milhões de anos no futuro”, disse o empresário.

 

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
%d blogueiros gostam disto: